Blog


23/10/2020 11:23

8 dicas infalíveis para entrar em um mestrado


Entrar em um mestrado exige, além de estudo, conhecimento sobre alguns “atalhos” e um certo grau de organização. Confira essas 8 dicas e esteja à frente dos seus concorrentes na sua próxima seleção de Mestrado.

 

1 – Conheça o programa

Descubra quem são os professores, as disciplinas e a duração do programa. Converse com pessoas que já participam dele e faça o máximo possível de perguntas para inteirar-se sobre a dinâmica do grupo. No que cerne ao edital, atente-se para os passos do projeto. Estes, normalmente, são: temática, título, problemática, justificativa, objetivos geral e específico, resumo, revisão de literatura e referências. Você também pode acrescentar relevância social e pessoal.

 

2 – Saiba escolher a linha de pesquisa “correta”

Mesmo que seu projeto esteja excelente, se não tiver relação com nenhuma das linhas dos professores-orientadores do programa, é bem provável que não seja selecionado.
Sendo assim, faça uma pesquisa na página da universidade que pretende se candidatar, e veja quais linhas e temáticas elas ofertam. Em seguida, coloque o nome desses professores na Plataforma Lattes e veja suas áreas de pesquisa. Depois de escolher uma dessas linhas, inicie sua escrita a partir daí. Se algum professor se identificar com o seu projeto, há grandes chances de ele ser aceito.

 

3 – Entre em um grupo de pesquisa

Entrar em um grupo de pesquisa é imprescindível para saber exatamente o que o seu orientador pesquisa e quais os temas discutidos pelos participantes do grupo. Além disso, como a desistência de alunos resulta na perda de pontos em Programas de Mestrado, seu potencial orientador verá a sua participação no grupo de pesquisa como um indício de que você será um mestrando “de confiança” e não abandonará o curso.

 

4 – Tenha o seu Currículo Lattes atualizado

Tenha o hábito de cadastrar todas as suas conquistas acadêmicas no momento em que forem realizadas, pois o preenchimento da Plataforma Lattes é trabalhoso, e, como todos os dados precisam estar alinhados aos que você já forneceu à Receita Federal, algumas informações demoram dias para serem validadas. Além disso, fazer um ORCID (o “CPF” do pesquisador) também é importante, sendo o código gerado a sua identificação como pesquisador(a) no mundo inteiro. Deve ser posto na sua Plataforma Lattes.

Obs.: No momento da entrevista, é preciso que você esteja com o Currículo Lattes impresso e os comprovantes (diplomas, certificados etc.) na ordem em que foram emitidos.

 

5 – Participe de eventos acadêmicos

Atente-se aos congressos, simpósios, encontros e jornadas acadêmicas para manter-se atualizado(a) sobre o que a comunidade acadêmica está discutindo dentro da sua temática, além de apresentar-se para expor suas pesquisas, propostas e leituras. Caso ainda esteja no início da sua jornada, é possível participar como ouvinte, para observar como as pessoas se apresentam, bem como o funcionamento de tais eventos. Depois, você pode submeter trabalhos como os de resumo simples, cuja elaboração é mais tranquila. Seja como ouvinte ou participante ativo, participar desses encontros fará com que você conheça novas pessoas, universidades, além de obter novos insights para a sua pesquisa.

 

6 – Publique em revistas

Embora este tópico exija um grau mais elevado de esforço, coloque a publicação em periódicos como uma das metas mais importantes da sua vida acadêmica, com grande potencial de facilitar o ingresso no mestrado devido à sua pontuação. Pesquise revistas que têm a ver com a sua temática, entenda sobre Qualis e leia as publicações passadas da revista escolhida para ter um parâmetro na hora de escrever o seu paper. Ao finalizar o artigo, conte conosco para a revisão textual e a formatação conforme as exigências do Guia para autores (Guide for autors).

 

7 – Domine o processo seletivo

Estude as referências sugeridas pelo programa. Caso a universidade não forneça uma listagem dessas fontes, uma boa dica é perguntar aos ex-alunos quais foram os autores discutidos, e quais obras eles leram. Atente-se também aos autores clássicos, leia livros, resenhas e assista a vídeos sobre eles. Ler o projeto de pesquisa pronto de um aluno que já passou pelo programa também é uma ótima forma de começar a montar o seu.

Quanto à entrevista, clichês à parte, é importante que você esteja apresentável. Demonstre confiança, coloque um sorriso no rosto e saiba que, neste primeiro momento, você também será julgado pela aparência. No mais, prepare-se para defender, tirar todas as dúvidas da banca sobre o seu projeto e explicar a viabilidade deste. Uma boa dica é apresentar o projeto várias vezes (para o espelho, para a mãe, para o seu grupo de pesquisa…) antes de chegar à entrevista. Você também pode fazer uma lista de perguntas possíveis e já elaborar as respostas na sua mente.

 

8 – Prepare-se para a prova de língua estrangeira

Familiarize-se com os jargões técnicos lendo artigos em língua estrangeira na sua área, fazendo um resumo (pode ser em português) do que você entendeu do texto antes de traduzi-lo. Lembre-se de que, na hora da prova, você precisará ler e compreender um texto acadêmico.

.

.

Bônus:

Um livro bastante mencionado por nossos clientes de pós-graduação (mestrado e doutorado) foi o Sua vida acadêmica: escreva mais e melhor, de Juliana Prata. Nele você encontra o passo a passo para desenvolver a escrita de diversos gêneros acadêmicos, como resumos, resenhas, artigos, monografias, dissertações e teses, além de trazer dicas, ferramentas e reflexões sobre organização, rotinas e técnicas de estudo.

.

E então, gostou das dicas? Caso tenha mais alguma dúvida, por favor, escreva-nos aqui embaixo e teremos o maior prazer em ajudar.

Atenciosamente,

NF Consultoria de textos.

O que você achou do post?


Deixe um comentário abaixo

Você vai gostar dos seguintes posts


23/10/2020 11:23

8 dicas infalíveis para entrar em um mestrado


Entrar em um mestrado exige, além de estudo, conhecimento sobre alguns "atalhos" e um certo grau de organização. Confira essas 8 dicas e

04/02/2018 23:24

60 erros de português que tiram a credibilidade de qualquer texto


Não adianta nada saber tudo sobre o tema da sua pesquisa se você não consegue se expressar com clareza, se não é capaz de se fazer ente

04/02/2018 19:56

Saiba como evitar o plágio em trabalhos acadêmicos


Ao escrever um artigo acadêmico, trabalho de conclusão de curso ou outra pesquisa, o autor deve tomar cuidado para não cometer plágio